Contrato de Sociedade N.º 1983/2004 de 29 de Outubro

 
TRECHO GRÁTIS

EMPRESAS

Contrato de Sociedade n.º 1983/2004 de 29 de Outubro de 2004

PINHEIRO & AMARAL - SOCIEDADE DE DISTRIBUIÇÃO, LDA.

Conservatória do Registo Comercial da Ribeira Grande. Matrícula n.º 00453/19 de Julho de 2004; inscrição n.º 1; número e data da apresentação, 4/ 19 de Julho de 2004.

Lorena Correia da Câmara Necho Ribeiro, escriturária superior da Conservatória do Registo Comercial da Ribeira Grande:

Certifico que entre Pedro Miguel Tavares Pinheiro e mulher Manuela Rosa Vasconcelos Amaral Pinheiro, casados sob o regime da comunhão de adquiridos, Rua Trás-os-Mosteiros, 12-A, Ribeira Grande, foi constituída a sociedade em epígrafe, que se rege pelo seguinte contrato:

Artigo 1.º

A sociedade adopta a firma: PINHEIRO & AMARAL — SOCIEDADE DE DISTRIBUIÇÃO, LDA., e tem a sua sede na Rua Trás-os-Mosteiros, 42-A na freguesia da Matriz do concelho da Ribeira Grande.

Parágrafo único: Por simples deliberação da gerência, a sociedade poderá deslocar a sede social dentro do mesmo concelho ou para concelho limítrofe, bem como criar, transferir ou extinguir quaisquer agências, sucursais, delegações ou outras formas de representação social, em qualquer outro local.

Artigo 2.º

A sociedade tem por objecto: Comércio por grosso, a retalho e distribuição de produtos alimentares, higiene, decoração e vestuário.

Artigo 3.º

O capital social, inteiramente subscrito em dinheiro é de cinco mil euros e encontra-se dividido em duas quotas, uma no valor nominal de quatro mil euros, pertencentes ao sócio Pedro Miguel Tavares Pinheiro e outra de valor nominal de mil euros pertencente à sócia Manuela Rosa Sousa Vasconcelos Amaral Pinheiro.

Artigo 4.º

1 - A administração e representação da sociedade, em juízo e fora dele, activa e passivamente dispensada de caução, com ou sem remuneração, conforme for deliberado em assembleia geral, pertence a sócios ou não sócios nomeados em assembleia geral.

2 - A sociedade obriga-se com a assinatura de um gerente.

3 - Em ampliação dos seus poderes normais, a gerência fica ainda com poderes para:

  1. Comprar, trocar ou vender ou de qualquer forma alienar quaisquer bens móveis ou...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO